Star Wars Tecnologia de coisa nenhuma...: A vida trollando mas eu ainda amando

terça-feira, 17 de maio de 2011

A vida trollando mas eu ainda amando

Um autor desconhecido (Achei Tati Bernadi, Caio F.Abreu, Darth Vader dentre outros) uma vez disse isso:
‎" Aprendi a amar menos, o que foi uma pena, e aprendi a ser mais cínica com a vida, o que também foi uma pena, mas necessário.Viver pra sempre tão boba e perdida teria sido fatal."

Mas o Rafael Brazeiro diz o seguinte:

"Aprendi a amar menos, o que foi temporário, pois cada vez mais que a vida seguia eu aprendia que o amor so crescia independente dos meus fracassos, e aprendi a ser mais cinico com a vida, o que tambem foi uma pena, pois em diversos outros momentos precisei da minha inocencia, o que com muita luta consegui recuperar. Viver pra sempre tão bobo e perdido seria fatal, mas viver desacreditado para todos as possibilidades belas que somente quem enxerga a vida com os olhos abertos aprecia, não seria viver, mas sim, apenas existir..."
Porque eu acho que o amor, com todas as suas filhadaputagens, trollagens e angustias, ainda é simplesmente o amor, e ele sendo isso por si só, ja supera qualquer outra qualidade "ruim" que possa carregar, deixar de acreditar nele é ver a vida em preto e branco, enquanto podemos usufruir das visões boas e ruins em colorido!

Inaugurando mais uma sessão do blog chamada: Anti-depressivos Virtuais.
Até a próxima!

7 comentários:

Liziê disse...

a arte de acreditar, sempre!

Iaci Gomes disse...

Ha, te ensinei isso também, Único! (L)
Bjs

Shuenne disse...

Você como sempre escrevendo divinamente bem! =*

Celitcha disse...

*"O AMOR É UMA DOR...."
*AHUIAHUIAHUAHUIAA
*O AMOR É UMA FLOR ROXA Q NASCE NO (L) DOS TROUXAS
*AHUIAHUIAHUIAHUIAA
*TROUXAS - HARRY POTTER
beijoooooo

Anônimo disse...

RAFA, to brincando! Agora sério por todas as coisas boas que vivo com as pessoas que amo é que eu sigo acreditando no amor (L) :)

Beijos Celitxa

Lenna-chan disse...

Acho que se esse post fosse no meu blog, eu teria colocado o título como "A vida passando mas o amor ainda me trollando", porque PQP, o tanto que meu coração tem me sacaneado ultimamente não é brincadeira...

Brenda disse...

hahahaha como foi que você classificou esse texto?
sabedoria brazística, não foi?
achei sençacional ;D
e adorei o cursor do blog *-*
beijoos.